Navigation

Regulamento


CAMPEONATO GAÚCHO MÁSTER

LIGA MASTER RIO GRANDE DO SUL

LIMARGS


REGULAMENTO GERAL

2019 


CAPÍTULO I
OBJETIVO:
            Art. 1º. Oportunizar a prática saudável do esporte e expandir os laços de amizade entre os participantes e comunidades.

CAPÍTULO II
DA ORGANIZAÇÃO:
Art. 2º.  A 14ª COPA MASTER DE FUTEBOL DE CAMPO,  nas categorias 50  anos é promovido, organizado e executado pela LIMARGS, com apoio  Institucional da Federação Gaúcha de Futebol - FGF.
Art. 3º. A competição será regida pelas Regras Oficiais com algumas adaptações.

CAPITULO III
DA PARTICIPAÇÃO:
              Art. 4º. Somente poderão participar equipes inscritas legalmente na LIMARGS.
Parágrafo primeiro. A confirmação da equipe se dará conforme critérios estabelecidos pela LIMARGS, como também o critério estabelecido na inscrição de atletas.
Parágrafo segundo: Na inscrição de atleta acima de 50 anos, o mesmo estará inscrito legalmente, ao completar 50 anos ou mais, no ano da competição, até 30 de abril de 2019.
Parágrafo terceiro:  Na inscrição de atleta acima de 48 anos, o mesmo estará inscrito legalmente, ao completar 48 anos ou mais, no ano da competição, até 30 de abril de 2019.
Parágrafo quarto:  Na inscrição de atletas com idade de 48 a 49 anos, poderão ser inscritos no máximo 3 atletas.
Parágrafo quinto:  Na inscrição de atletas com idade de mais de 50 anos, poderão ser inscritos até 25 atletas, sendo obrigatoriamente ter no mínimo 05 atletas inscritos acima de 55 anos.
Parágrafo sexto:  Na inscrição de atletas para dentro do campo de jogo (início ao fim), terá obrigatoriamente que cumprir os seguintes requisitos, conforme os 11 atletas atuantes:  A equipe poderá dentro do campo de jogo ter no máximo 2 atletas com idade entre 48 e 49 anos e no mínimo deverá ter 3 atletas com idade acima de 55 anos.  

             Art. 5º. A confirmação da equipe se dará a critério da LIMARGS.

CAPITULO IV
DAS INSCRIÇÕES:
Art. 6º. Terão condições de jogo os atletas que estiverem devidamente inscritos na LIMARGS. Cada partida os jogadores deverão apresentar ao anotador a Carteira de Identidade Civil, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou Carteira Profissional.
  
Art. 7º. As inscrições de atletas poderão ser feitas até o início da primeira partida do returno da 1ª fase do campeonato da LIMARGS, edição 2019, resguardado o limite de 30 inscrições por equipe.
Parágrafo único -  O limite máximo de inscrições, será de 30 atletas por equipe.

Art. 8º. A inscrição de atletas poderá ser feita até o término do 1º turno, via e-mail ou whats, observado o prazo legal para inscrições.

Art. 9º. O atleta poderá inscrever-se apenas por uma equipe, caso venha ocorrer inscrição por mais de uma equipe, este será eliminado da competição.

Art. 10º. A taxa de arbitragem, será paga por jogo, para cada equipe, em valor estipulado pela LIMARGS, em conformidade com as equipes.

Parágrafo primeiro: Observa-se o pagamento da taxa de arbitragem, antes do início da partida em moeda corrente.
Parágrafo segundo: A taxa de arbitragem para a 1ª fase, será de R$250,00 por jogo, quando o jogo for duplo (2 jogos em cada campo) ou R$800,00 por jogo, quando o jogo for único ( 1 jogo em cada campo),  ficando em aberto,  o valor para as fases seguintes, que definirá posteriormente o valor atualizado, em reunião da LIMARGS com os representantes das equipes.
  
Art.11º. Cada equipe será responsável pelo quadro clínico de seus atletas, para que o mesmo esteja APTO, para participar do campeonato a que foi inscrito, ficando a LIMARGS, isenta de qualquer responsabilidade por este fato.
  
CAPITULO V
DA FORMA DE DISPUTA:
Art. 12º . A 14ª COPA MASTER DE FUTEBOL, será disputada em 03(fases) FASES, posteriormente pelas equipes convidadas:
 1. TRIUNFO 2. G.E. BELÉM NOVO 3. RUDIBAR MASTER
 4. PAULO BERG  5. S.C. REAL ACADEMIA 6. C.A. VERDAL

Art. 13º . A 1ª Fase da 14ª COPA MASTER DE FUTEBOL, será disputada em jogos de IDA E VOLTA, dentro do grupo único, onde os JOGOS serão  em rodada dupla no campo designado pela LIMARGS, classificando para a fase seguinte (2ªfase), as 04 (quatro) melhores equipes do grupo  único.

Art. 14º . A 2ª Fase da 14ª COPA MASTER DE FUTEBOL, será disputada em jogos de IDA E VOLTA, semi final, pelas 04 (quatro) melhores equipes do grupo  único, oriundas da 1ª fase, sendo a 1ª x 4ª a 2ª x 3ª e  em jogos de ida e volta, classificando-se as vencedoras para a final.

Art. 15º . A 3ª Fase da 14ª COPA MASTER DE FUTEBOL, FINAL, será disputada em forma de jogos de IDA e VOLTA, pelas 02  equipes oriundas da 2ª fase.

Art. 16º . Em todas as fases, os jogos serão de IDA e VOLTA.

Art. 17º .  A equipe cujo tem o mando de campo do jogo da volta, 2ª e 3ª fase, será observado sempre o critério da 1ª fase, por ordem de colocação, sendo a melhor colocada, sempre jogando o 2º jogo em seu estádio.

Parágrafo único: Todos os jogos da 2ª e 3ª fase, que terminarem em empate no número de pontos, após os jogos de IDA e VOLTA, será decidido quem será a equipe vencedora,  através  de cobrança de penalidades máximas, conforme regra da FIFA.

Art. 18º. O mando de campo de ambas as fases, ficará a critério do que prevê o regulamento, mas poderá ter interferência da LIMARGS, que terá poder absoluto de decidir, caso assim o for.


Art. 19º . O CAMPEÃO DA LIMARGS,  poderá disputar o título da SUPER COPA GAUCHÃO MASTER RS, com a região CENTRAL DE SANTA MARIA, em data e local, a ser definido. 

CAPÍTULO VI
DO MATERIAL DO JOGO:

Art. 20º. Não serão aceitas equipes que não estiverem devidamente uniformizadas com: camisetas, calções e meias. A LIMARGS recomenda aos jogadores a utilização de caneleiras.

Art. 21º.   No caso de duas equipes se apresentarem com fardamentos iguais (semelhantes), mudar-se-á o uniforme a equipe local ou sorteio.
Parágrafo 1º - A LIMARGS sugere o contato 24 horas antes da partida, entre as equipes, para formalizarem as cores do fardamento.
Parágrafo 2º  -  As equipes terão que apresentar via e-mail ou whats, as cores do fardamento, com o respectivo desenho, de preferência modelo 1, 2 ou 3.
Art. 22º. Cada equipe deverá apresentar ao local de jogo duas (02) bolas em perfeitas condições de jogo. Esta deverá ser apresentada ao árbitro, que irá se manifestar diante dos dirigentes e mesários dizendo das condições da mesma, se necessário fazer constar em súmula. 

CAPITULO VII
PROTESTOS E DECISÕES:

              Art. 23º.  Não será permitida a lavratura do protesto na súmula de jogo.
              Art. 24º. As decisões da LIMARGS, são de decisão absoluta e incontestável, não cabendo nenhum  recurso, por parte das equipes.
Art. 25º. Os membros da LIMARGS serão respeitados por dirigentes e atletas das equipes participantes, e qualquer desrespeito será rigorosamente punido, dentro do que a LIMARGS, assim decidir,  inclusive com a eliminação do faltoso da competição.

Art. 26º. Os casos de expulsões ou citações em súmula de atletas e dirigentes por indisciplina, serão punidos conforme prevê a parte disciplinar da LIMARGS. 


CAPITULO VIII
DA DISCIPLINA:

           Art. 27º - Das Infrações dos Atletas:

·        O atleta inicialmente, que acumular três (03) cartões amarelos ficará,  suspenso por um jogo.
·                 O atleta que receber cartão vermelho ficará fora automaticamente do próximo jogo de sua equipe.
·        Os cartões amarelos serão acumulativos por toda a competição.
·        As punições com advertências (cartão amarelo), serão progressivas, ou seja, inicialmente 03 cartões amarelos, cumprirá 01 jogo; 06 cartões amarelos, cumprirá 02 jogos e assim sucessivamente.
·        O atleta que for substituído, poderá retornar ao jogo.
·        Citação em relatório da arbitragem de atleta envolvido no campeonato por incitação à violência, quando sua equipe não estiver jogando. Encaminhamento ao Tribunal da LIMARGS.
·                 Praticar agressão por vias de fato.  Encaminhamento ao Tribunal da LIMARGS.
Parágrafo 1º - Se da agressão resultar lesão corporal grave. Encaminhamento ao Tribunal da LIMARGS.
Parágrafo  2º - Se, ultrapassado o prazo de suspensão fixado pelo Tribunal da LIMARGS, no caso de punição ao atleta, na forma do parágrafo anterior, e o atleta agredido permanecer impossibilitado da pratica da atividade por força da agressão sofrida, continuará o agressor suspenso até total recuperação do agredido.
·        Agressão feita por atleta a árbitro e/ou comissão organizadora. Encaminhamento ao Tribunal da LIMARGS.
·        Envolvimento de membros de uma equipe participante do campeonato em briga generalizada entre duas equipes, desde que identificados pela arbitragem. Encaminhamento ao Tribunal da LIMARGS.
·        Citação em relatório da arbitragem de atleta envolvido no campeonato por ofensas morais à arbitragem, Comissão Organizadora e/ou adversário. Para todos os efeitos, o árbitro e seus auxiliares são considerados em função desde a escalação até o término do prazo fixado para a entrega dos documentos da competição na entidade. Encaminhamento ao Tribunal da LIMARGS.
·                   Praticar ato de hostilidade contra companheiro de equipe e/ou adversário: Encaminhamento ao Tribunal da LIMARGS.
·                   Participar da partida atleta inscrito irregularmente em desacordo com a idade limite, conforme determina este regulamento, a equipe infratora perderá 06 (seis) pontos na tabela e a equipe(s) PREJUDICADA, pelo qual o jogo já havia sido realizado, se houve empate ou derrota, reverterá 03 pontos a favor, no escore de 1 x 0.

Art. 28 - Das Infrações das Equipes:

·        Serão permitidos permanecer dentro da área técnica as seguintes pessoas, desde que apresentem carteira de identidade, carteira nacional de habilitação ou carteira profissional: 1 técnico (treinador), 1 massagista, 1 preparador físico credenciado, 1 médico ou fisioterapeuta credenciado,  atletas reservas.
·        Briga generalizada entre duas equipes sem identificação dos agressores: Encaminhamento ao Tribunal da LIMARGS.
·        A equipe que perder por WO, será considerada perdedora por 1 x 0 e deverá ser encaminhado o fato ocorrido, via súmula, ao Tribunal da LIMARGS.
·        Tendo em vista que é possível a inscrição de 30 atletas, a equipe que der causa ao fim da partida, por insuficiência de atletas, sem ter transcorrido 70%, ou mais, da mesma, será considerada em WO. Nesse caso se a equipe em situação de WO estiver perdendo o placar se manterá o mesmo. Caso a equipe que der causa ao WO estiver ganhando o placar será considerado 1X0 para a equipe adversária.

 
Art. 29 - Das Infrações da Comissão Técnica:

·        O ingresso do massagista, médico ou fisioterapêuta ao campo de jogo, só será feito sob autorização do árbitro.
·        Invadir local destinado à equipe de arbitragem, ou à partida, prova ou equivalente, durante sua realização, inclusive intervalo regulamentar, sem a necessária autorização. Encaminhamento ao Tribunal da LIMARGS.
** As penalidades serão impostas com vistas nos relatórios da arbitragem, constantes em súmula.
** As equipes infratoras, seus atletas e dirigentes serão comunicados por escrito das penalidades a serem cumpridas.
** As comunicações serão enviadas a seus representantes legais.

As punições e suspensões dizem respeito a todas as competições organizadas LIMARGS. 

CAPITULO IX
DOS JOGOS:

      Art. 30º. Os jogos terão duração de noventa (90) minutos, divididos em dois tempos iguais de quarenta (45) minutos corridos para cada período, com intervalo de no máximo quinze (15) minutos.
                        Parágrafo 1º- As substituições de atletas durantes as partidas poderão ser realizadas de forma livre, o atleta substituído poderá voltar a campo desde que não tenha recebido cartão vermelho no banco de suplentes.

     Art. 31º. Os jogos serão realizados em datas, horários e locais, previamente estabelecidas pela LIMARGS, em conformidade com as equipes, prevalecendo a decisão final pela LIMARGS.

     Art.  32º .A equipe mandante do jogo determinará o dia, hora e local da partida, salvo decisão ao contrário da LIMARGS.

     Art.  33º .Todos atletas substituídos PODEM RETORNAR ao campo de jogo.
 Parágrafo primeiro.  A substituição só poderá ser realizada, após a comunicação ao mesário e a partida não será paralisada.
 Parágrafo segundo: Conforme Art, 4º, Parágrafo sexto, deste regulamento, a equipe que não respeitar a idade limite de atleta para atuar em campo, perderá 03 pontos se for constatada a irregularidade.

    Artº . 34 No banco de reservas, poderá ficar  atletas suplentes ilimitados, respeitando o número máximo de atletas inscritos.

CAPÍTULO X
DA PONTUAÇÃO:

      Art. 35º. A contagem de pontos em todo o campeonato, obedecerá os seguintes critérios:
vitória = três (3) pontos - empate = um (1) ponto - derrota = zero (0) ponto.

CAPÍTULO XI
DA SEGURANÇA:

      Art. 36º. O jogo somente será suspenso ou deixará de ser realizado, quando ocorrer um dos seguintes motivos:
a.                                 Falta de garantias (segurança), positivamente verificadas pelo árbitro;
b.                       Conflitos ou distúrbios graves, que afetem a continuação do jogo;
Parágrafo primeiro: como autoridade competente para suspender o jogo, o árbitro e a LIMARGS, antes de decidir a respeito, nos casos previstos nas alíneas a e b deste artigo, deverá esgotar os meios que estiverem ao seu alcance.
Parágrafo segundo: no caso de suspender uma partida, após aguardar os trinta (30) minutos regulamentares, o árbitro deverá enviar o relatório à LIMARGS.
Parágrafo terceiro: quando a partida for definitivamente suspensa por qualquer dos motivos previstos nas alíneas a e b deste artigo, observa-se o seguinte:

1.                       Se a equipe que houver dado causa à suspensão do jogo era vencedora, será declarada perdedora do jogo pelo escore de 1X0 e, se era perdedora, seu adversário será considerado vencedor, prevalecendo o resultado do momento da suspensão.
2.                       Se a partida estiver empatada, a associação que der causa à suspensão será declarada perdedora pelo escore de 1X0.
3.                       Se ambas as equipes derem causa à suspensão da partida, ambas serão declaradas perdedoras ( nenhuma marcará ponto).’

        Art. 37º. Em caso de suspensão da partida, já em andamento, sem qualquer responsabilidade das equipes, esta deverá ser jogada no tempo que falta, em dia, hora e local que será designado pela LIMARGS, desde que não tenha transcorrido 70% do tempo integral.

         Art. 38º. No caso de necessidade de término de uma partida em outra data, somente poderão participar os atletas participantes do jogo transferido, constantes em súmula e em condições legais de jogo, até o momento da suspensão da partida.


CAPÍTULO XII
DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE:

         Art. 39º. Os critérios de desempate serão:
1º) confronto direto entre duas equipes na fase;
2º) maior número de vitórias na fase;
3º) menor número de gols sofridos na fase;
4º) maior saldo de gols na fase;
5º) menor número de cartões vermelhos, durante toda a competição;
6º) menor número de cartões amarelos, durante toda a competição;
7º) sorteio.

Parágrafo único: Após o horário previsto para o início de uma partida, a equipe que não tiver o número mínimo de atletas inscritos, será considerada perdedora pelo escore de 1 x 0. O resultado será somado com derrota dupla, neste caso, para efeito de classificação, no caso aonde tiver duas equipes empatadas, em todos os critérios, exceto este item, que irá prevalecer na hora da decisão da vaga para a fase seguinte.


CAPÍTULO XIII
DA PREMIAÇÃO:
  
Art. 40º. Caberá a seguinte premiação da 13ª Edição da  COPA MASTER DE FUTEBOL:

1. Ao campeão: troféu e medalhas;
2. Ao vice-campeão: troféu e medalhas;
3. Atleta revelação: troféu;
4. Ao goleador: troféu;
Ao goleiro menos vazado: troféu.
Obs.: Para definição do goleiro menos vazado, será respeitado o seguinte critério:
O goleiro que sofrer o menor número de gols durante toda a competição, respeitando a média de jogos realizados por sua equipe.

 CAPÍTULO XIV
DA ORGANIZAÇÃO DOS JOGOS
Art. 41º. A LIMARGS, além das demais medidas de ordem administrativas e técnicas, indispensáveis à segurança do espetáculo e a normalidade da competição, cabe:
I -     Fazer com que a equipe mandante do campo de jogo, providencie, com a devida antecedência, a marcação do campo de jogo, que deverá obedecer a Regra I, da International Board;
II -   Fazer com que a equipe mandante do campo de jogo, mantenha no local da competição, até o final de cada partida, 02 (duas) bolas oficiais em condições normais de jogo, como também, observar se cada equipe visitante, tenham, obrigatoriamente, 02 (duas) bolas oficiais;
III -  Fazer com que a equipe mandante do campo de jogo, assegure condições para a troca dos uniformes das entidades competidoras, tendo um vestiário acessível e em condições de uso, como também para a arbitragem.
IV -   Cumprir e fazer cumprir as determinações emanadas da FIFA, quanto à limitação de pessoas no campo de jogo, permitindo o acesso exclusivamente aos credenciados, observando os seguintes critérios;
a)   Estar credenciado ou ter identificação da credencial do campeonato;
b)   Se fotógrafo ou cinegrafista, com identificação, atendidas as peculiaridades do local de jogo;
c)   Se repórter de campo, com identificação, atendidas as peculiaridades do local de jogo;

d)          Se repórter de campo, com identificação, atendidas as peculiaridades do local de jogo;
V- Observar que, no local destinado ao banco de reservas, só poderão estar: técnico, médico ou fisioterapeuta, massagista, preparador físico, os atletas suplentes, todos devidamente credenciados, mediante as respectivas identificações;

VI - Providenciar para que o policiamento/segurança do campo de jogo, se houver, seja feito exclusivamente por profissionais uniformizados;
VII -  O não cumprimento das determinações relacionadas no presente artigo e participadas aos portadores de credenciais, implicará em que o árbitro solicite ao chefe do policiamento/segurança, se houver, ou o representante da LIMARGS a retirada dos mesmos do campo de jogo;
VIII - Providenciar para que, respeitados os 15 (quinze) minutos de intervalo, os jogadores de ambas as entidades se apresentem para o 2º tempo do jogo;
IX -   Se possível, através da equipe mandante do campo de jogo, providenciar um médico à disposição das equipes competidoras ou ambulância com equipe médica, para assistência e acompanhamento clínico das atletas durante as partidas, ficando a Entidade Organizadora, sem responsabilidade por acidentes que sofram os integrantes das entidades participantes;
X -O horário dos jogos, será pela parte da manhã, as 10:00hs com 30 minutos de tolerância e na parte da tarde, as 13:30 e 15:30hs com 30 minutos de tolerância.
XI -   Se possível, manter no local da competição, até o final dos jogos, material e equipamento de primeiros socorros, a seguir relacionados, por parte da equipe mandante do jogo: 

a)      maleta de primeiros socorros;
b)      maca portátil de campanha;
c)       ambulância ou transporte com tamanho suficiente para transportar um atleta deitado.
D)          Desfibrilador
CAPÍTULO XV
DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
Art. 42º As entidades inscritas estão obrigadas a respeitar todos os princípios que regem a modalidade de futebol, em especial a categoria MASTER, bem como os deste regulamento e outras orientações e determinações da competição.
 Art. 43º   A Justiça e Disciplina da LIMARGS, será exercida por Comissão Disciplinar, constituído membros designados pela LIMARGS.
              Art.  44º       As Equipes que tenham concordado em participar do Campeonato da LIMARGS – Edição 2019, reconhecem, a Comissão Disciplinar como instância definitiva para resolver as questões entre si ou entre elas equipes e a LIMARGS.
              Art. 45º. Ressalvadas as sanções de natureza regulamentar, aqui expressamente prevista, todas as demais infrações serão processadas e julgadas pela Comissão Disciplinar, conforme disposto no Caput do Art. 42º.

  Art.  46º . Cada entidade participante é responsável por todos os seguros de riscos (acidentes, responsabilidade civil, etc...), de seus dirigentes e atletas, ficando a Coordenação Geral e a Entidade Organizadora, isentas de qualquer responsabilidade a este respeito.
Art. 47º. As entidades poderão assegurar junto à Coordenação Geral da LIMARGS, a partir do Congresso Técnico, inscrição de atletas, desde que cumpridas as formalidades, ficando o inscrito condicionado àquela entidade, não podendo outra entidade requerer inscrição do atleta, sem que apresente o Atestado Liberatório da entidade que já havia formalizado a inscrição.
§ Único: A não confirmação posterior da inscrição prévia, a torna inválida.
Art. 48º. O presente Código entrará em vigor na data de sua publicação.
Art. 49º. É dever de todas as equipes participantes ao campeonato conhecer o Regulamento Geral – edição 2019, aprovado no Congresso Técnico e/ou no recebimento pelas equipes.
Art. 50º. Revogam-se as disposições ao contrário.


Art. 51º. O presente Regulamento Geral – edição 2019, da 14ª COPA MASTER DE FUTEBOL, foi aprovado, adaptado e confirmado, pelos representantes dos clubes e pela LIMARGS, revogadas as disposições ao contrário, no dia ....... de ....... de 2019.

                                            Luiz Carlos Boaro               
                                        Coordenador da LIMARGS         
                         

                                 REPRESENTES DOS CLUBES: